A distância, a saudade e a lembrança de um dia que passou

A melodia, harmonia

É sua voz que amacia

Meus ouvidos com

Palavras de um dia.

Na distância do corpo

Amado, tarde da noite,

Na escuridão me acho calado

A arte de amar invade o coração.

Nos campos gira-sóis

Envergam seu dorso

Para o sono da noite.

E o meu sono vai no

Colorido da noite,

Sonho estarmos sós.

O pássaro canta

No manto livre

E eu canto na noite


Posts Em Destaque
Posts em breve
Fique ligado...
Posts Recentes
Arquivo