A visão da felicidade.


Os raios disparam em

Todas as direções

E quando eles se cruzam

Meus olhos cruzam-se

Com os seus olhos.

O sol da manhã

Canta em ouro

Como um anjo doirado.

A face se espalha

No sabor do véu da vida.

Um colar envolve uma beleza

Um silêncio doirado.

Num princípio,

Na aurora da vida

De um novo dia

Que decorre, morre, nasce

No rasgado mundo.

Um sinal, um final

De exatidão, de explosão

Que acalma, agita, desespera

A espera de outra aurora.

O espírito espia tal esplendor

Que a dor cai no esquecimento.

O berço doirado confunde

A vista num fugaz olhar

Por herança procuro o meu

Rei doirado de estilo desigual.

Em todas as auroras,

Aurora boreal o amor doirado

Se espalha ao norte

Em meteoro luminoso

Aurora astral se espalha ao sul,

E os pólos respiram esse amor.

Nós nos envolvemos na

Auréola de um amor

As aves voam no doirado céu,

Os céus marcam um apogeu

Onde me vejo rodeado,

Atirado a você,

E assumindo você como

Meu amor,

Estou resumido a você,

Meu amor.


Posts Em Destaque
Posts em breve
Fique ligado...
Posts Recentes